Doações continuam e 17 mil máscaras chegam a indígenas de Aquidauana e Miranda

Categoria: Geral | Publicado: sexta-feira, junho 19, 2020 as 09:05 | Voltar

Campo Grande (MS) –  Depois de Dourados, agora são os indígenas residentes nas aldeias de Aquidauana e Miranda que vão receber um lote de máscaras, doadas pela empresa Energisa. Na manhã desta quinta-feira (18.06), o secretário de Estado de Saúde Geraldo Resende fez a entrega de 17 mil unidades de máscaras para o Disei (Distrito Sanitário Especial Indígena) de Mato Grosso do Sul.

Somando os outros dois lotes destinados aos indígenas da Região da Grande Dourados, de 10 mil e 25,4 mil, já foram entregues 52,4 mil unidades para essas comunidades, de um total de 65 mil compromissados pela Energisa. As doações fazem parte de uma parceria entre o Governo de MS, por intermédio da Secretaria de Estado de Saúde e da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), com a empresa Energisa.

Durante a entrega, o secretário estadual Geraldo Resende destacou a parceria da Energisa e do Disei na ação. “Agradeço à Energisa por esse gesto de solidariedade humana, pois além de ajudar na prevenção ao coronavírus, a doação prestigia a produção que é feita por mulheres vítimas de violência”, salientou. “Também cumprimento o Disei por organizar a logística da distribuição das máscaras”.

No ato da entrega, a chefe da Atenção Primária da Saúde Indígena do Distrito Sanitário Especial Indígena (Disei) de Mato Grosso do Sul, Eliete Domingues Rios Maggioni também enalteceu o trabalho desenvolvido pelo governo do Estado por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES) e agradeceu pela ação da Energisa. “Muito obrigado. É um gesto que, seguramente, representa muito para os povos indígenas nesse momento tão difícil”.

A produção dos itens de proteção é feita por mulheres da Associação de Capacitação de Economia Solidária do Povo (ACIESP), de Campo Grande, instituição que atende vítimas de violência doméstica.

Energia do Bem

Na parceria para a distribuição de máscaras para os indígenas, o Grupo Energisa está investindo R$ 100 mil, por meio de um projeto denominado Movimento Energia do Bem.

Para o secretário da Semagro, Jaime Verruck, a atitude confirma que as empresas sul- mato-grossenses têm mostrado seu engajamento na preservação da vida. “Recebemos essa demanda da Secretaria de Saúde e por meio da Energisa, conseguimos que fosse atendida. Seguramente, além de se empregar mão de obra local, muitas vidas poderão ser salvas por meio da prevenção”, conclui.

 

Texto e fotos: Ricardo Minella/SES

Publicado por: Alcineia Santos Maceno da Silva

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.