Diretoria da Agraer visita Sidropolpas, no P.A. Jiboia, em Sidrolândia

Categoria: Geral | Publicado: terça-feira, março 2, 2021 as 08:17 | Voltar

A Visita

Os diretores da Agraer, André Nogueira Borges e Fernando Nascimento, fizeram uma visita à Cooperativa Mista Familiar da Agricultura e Pecuária - COOPFAP com o objetivo de se atualizarem quanto aos trabalhos da cooperativa e a luta daqueles produtores para manterem-se no mercado de polpas de frutas com sua marca Sidropolpas, que já conquistou uma pequena, mas significativa fatia do mercado na região.

O Escritório Local da Agraer de Sidrolândia, através do servidor Ivan de Oliveira está sempre presente assessorando a Cooperativa na busca de soluções tecnológicas e de comercialização.

A Cooperativa

A agroindústria funciona no lote 203 do Assentamento Jiboia. A Diretoria foi recentemente reeleita para mais um período, liderada pelo Sr. Alberto Alves de Souza (Buiú), na Presidência. A COOPFAP possui 32 cooperados que abastecem a agroindústria de matéria-prima, dentre as quais destacam-se: goiaba, maracujá, abacaxi, acerola, manga, morango, entre outras.

A Cooperativa dispõe da Certificação do MAPA, obtendo o Selo de Identificação de Produtos da Agricultura Familiar – SIPAF. O Selo oferece a garantia ao consumidor de consumir produtos originários da Agricultura Familiar. A Cooperativa também está cadastrada no Programa PROVE, coordenado pela Agraer. A COOPFAP é detentora da Declaração de Aptidão ao Pronaf – DAP Jurídica. Todas essas conquistas documentais habilitam a Cooperativa a expandir suas atividades comerciais nos mais diferentes mercados, público e privado.

O Exemplo

O belo exemplo que esses agricultores familiares nos dão, é demonstrar o quanto uma organização social pode fazer a diferença no sucesso da atividade rural. É fundamental para que se conquiste um espaço num mercado concorrido, onde o preço, o padrão, a qualidade, a regularidade de entrega e as certificações necessárias são imprescindíveis para se manter competitivo. E mais, esta é uma das maneiras mais eficientes que o produtor de pequena escala pode agregar valor ao seu produto e obter uma lucratividade sustentável. O beneficiamento da matéria-prima, ainda que seja apenas um processamento mínimo, pode fazer a diferença.

“A Agraer vem trabalhando nessa linha há muito anos, embora as dificuldades culturais desacelerem o avanço, continuaremos levando essa orientação e dando o apoio que os produtores necessitem para fortalecer essa forma de trabalhar”, conclui o diretor executivo Fernando Nascimento.

É para isso que a Agraer trabalha!!

 

Texto: Fernando Nascimento – Diretor Executivo da Agraer

Fotos: Divulgação

Publicado por: Alcineia Santos Maceno da Silva

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.