Agraer, Funasa e MDA discutem projeto que viabiliza água potável às famílias agrícolas de MS

Categoria: Geral | Publicado: quinta-feira, fevereiro 18, 2016 as 08:52 | Voltar

Campo Grande (MS) – A Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), a Funasa (Fundação Nacional da Saúde) e o MDA (Ministério de Desenvolvimento Agrário) estudam medidas que possam agilizar o atendimento da população rural, no que diz respeito ao acesso de água potável para consumo e irrigação.

Na última quarta-feira (17), o diretor-presidente da Agraer, Enelvo Felini, esteve reunido com o superintendente da Funasa de MS, Sérgio Roberto Vieira, para avaliar a viabilidade de um projeto que garanta as famílias agrícolas, no Estado, o fornecimento de água.

De acordo com  o superintendente da Funasa, a instituição tem todos os equipamentos necessários para a perfuração de poços. “A demanda por esse tipo de serviço é  muito grande, mas para que o atendimento aconteça com eficiência precisamos, o mas rápido possível, montar um plano estratégico que acelere o processo. Para isso é necessário a parceria do governo do Estado e o Federal”, afirmou.

“A Agraer tem interesse em contribuir com essa ação e para isso vamos debruçar sobre tudo o que nos foi apresentado, levando a Sepaf e governo do Estado todos os apontamentos que juntos levantamos nesta reunião. Vamos levar todas as informações as esferas competentes e buscar um caminho dentro do que está em nossa atribuição”, disse o diretor-presidente da Agraer, Enelvo Felini.

Também esteve presente na reunião, o engenheiro Odilon Trindade, o assessor técnico de gabinete da Funasa, Aparecido Teixeira, o delegado da Superintendência do MDA de MS, Gerson Faccina, o assessor de gabinete da Agraer Hélio Martins e o assessor do deputado federal Dagoberto Nogueira, Ezequiel Nantes (ZICA).

Aline Lira - Assessoria de Comunicação - Agraer

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.