Agraer de Deodápolis promove ação para incentivar pequenos produtores na criação de peixes

Categoria: Geral | Publicado: segunda-feira, julho 10, 2017 as 07:07 | Voltar

Campo Grande (MS) – A Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) de Deodápolis promoveu o I Encontro Regional da Piscicultura, com o tema “Inclusão e Reorganização da Piscicultura no Município de Deodápolis”.

A ação atende uma demanda dos pequenos produtores rurais que têm interesse em inserir ou expandir as atividades dentro do setor de piscicultura. “Foi feita uma força tarefa por parte dos técnicos da Agraer para mobilizar a população rural tanto que até o dia do evento já haviam sido cadastrados mais de 120 produtores interessados a trabalhar na piscicultura”, afirmou o técnico da Agraer, Douglas Pellin.

A mesa de honra do evento foi composta pelo prefeito de Deodápolis, Valdir Sartor, o deputado estadual Renato Câmara, o superintendente da Pesca e Aquicultura do Mato Grosso do Sul, César Moura de Assis, e o coordenador regional da Agraer de Nova Andradina, Sandro Polloni. “A prefeitura quer se dispor a pleitear o máximo possível de recursos para mobilizar o município, alcançando a marca de ser um polo produtor de peixe”, afirmou o prefeito.

“O assunto do momento é a piscicultura. O peixe é a proteína do futuro e a Casa de Leis [Assembleia Legislativa] quer estar junto ao pequeno produtor para qualquer parte burocrática do tema”, enfatizou o parlamentar.

“A equipe local da Agraer está de parabéns pela quantidade de produtores que foram mobilizados a estarem no evento”, lembrou o coordenador regional da Agraer de Nova Andradina, Sandro Polloni.

Em seguida foi a vez do engenheiro agrônomo Douglas Pellin palestrar sobre as potencialidades de Deodápolis para a piscicultura. “Apresente um trabalho com imagem por satélite de todas as áreas atuais do município com superfície alagada. A cidade conta média de 290 hectares de lamina d’água e que tem um potencial aproximadamente para mais de 300 hectares”, destacou.

O desfecho do evento ficou por conta da palestra do superintendente de Pesca César Moura. “Estou bastante impressionado com o potencial do de Deodápolis em produzir peixes, pela extensa área com rica quantidade de água. No período da manhã conhecei algumas propriedades que já vem produzindo peixes e notei que o município está no caminho certo, pronto até para, futuramente, receber um entreposto de pescado com a finalidade de exportação interestadual”.

César Moura apresentou aos produtores uma proposta de trabalho para alavancar a produção local, mas para isso um projeto deverá ser elaborado pela comunidade rural e entregue a Superintendência de Pesca para que seja liberadas escavadeiras hidráulicas para implantação de tanques. “Neste projeto a proposta é englobar todos produtores interessados no cultivo de peixes. Os técnicos ficarão empenhados em levantar o perfil individual de cada um e a quantidade de tanques que serão escavados no total e a partir  daí serão dados os encaminhamentos para a inclusão e reorganização da piscicultura”.

“Este evento só aconteceu graças aos principais mobilizadores do poder público estadual e municipal:  a prefeitura e o escritório local da Agraer através dos seus servidores Luiz Viana, Mário Viana e a Patrícia Tognon e Douglas Pellin”, finalizou o coordenador Sandro Polloni.

Participaram o secretário Municipal de Agricultura, Cícero Alexandre da Silva, o coordenador da Agricultura no município Aron Cirilo, e o presidente do Sindicato Rural de Deodápolis, Paulo Cardin.

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.