Acadêmicos paraguaios visitam propriedade rural assistida pela Agraer em Antônio João

Categoria: Conhecimento | Publicado: segunda-feira, abril 16, 2018 as 14:02 | Voltar

Campo Grande (MS) – A Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) de Antônio João recebeu na última semana, 11 de abril, a visita de 30 alunos da Universidad Nacional de Asuncion, Faculdade de Ciências Agrárias, filial Pedro Juan Caballero.

O grupo formado por acadêmicos do oitavo semestre do curso de Engenharia Agronômica e do quarto semestre do curso de Administração Agropecuária teve a coordenação dos professores Victorina Barreto (área de olericultura), Ramón Ojeda (área de fitotecnia).

A campo

A visita teve por objetivo apresentar aos acadêmicos a realidade de uma família da agricultura familiar, e a sua produção de hortifrúti. “Recepcionamos o grupo, na chácara Vitória,  do casal Valdete dos Santos e Rosenilda Rodrigues, por ser uma propriedade modelo em que os estudantes veriam de perto boas práticas, ou seja, muita coisa do que eles estudam nos livros. O imóvel tem 4,5 hectares e foi adquirido dentro do Programa Nacional de Crédito Fundiário”, explica o coordenador da Agraer de Antônio João, João Alfredo da Silva.

O início dos trabalhos contou com uma recepção aos estudantes com um café da manhã com produtos oriundos da chácara (laranja, banana maçã, mamão, pão, mel, sucos e caldo de cana).

“Após a refeição, começamos as atividades técnicas com uma  explanação sobre manejo de pós-colheita de tomate, banana e poncã. Em seguida, foi realizada a apresentação do pomar de banana, e o manejo de colheita e pós-colheita, observando ponto como despenca do cacho, armazenamento em caixa para maturação, tratamento com carbureto e apresentação de produto após três dias do tratamento”, detalhou o engenheiro agrônomo da Agraer, Welvis Silva.

O sistema de irrigação da propriedade também foi outro trabalho que os alunos puderam ver de perto. “No sítio há uma bela estufa para cultivo de tomates. Por conta disso, aproveitamos para falar sobre o cultivo de tomate em estufa, suas vantagens e desvantagens, sendo explicado o manejo e tratos culturais que compreende a adubação, o controle de pragas, doenças, irrigação, controle de plantas daninhas, desbrota, colheita, classificação e comercialização”.

Outro ponto alto da visita foi o sistema de criação de peixes. Dentro do sítio há três tanques, com criação de pintado, tambacu, carpa e piau. “Os estudantes ainda percorreram pela área de cultivo de quiabo, berinjela, pimentão, pepino e abóbora e abordamos sobre os sistemas de produção, diversificação e rotação de culturas, assim como sobre o manejo e tratos culturais”, destacou o coordenador da Agraer de Antônio João.

Por fim, o grupo conheceu o sistema de pastejo rotacionado e a dinâmica de manejo de pastagem na criação de gado de leite da chácara, além de terem a oportunidade de conversar in loco com os donos do imóvel rural, Valdete e Rosenilda.

Texto: Aline Lira/ Fotos: Agraer de Antônio João

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.